Moema:

(11) 5561-0293

Sto Amaro:

(11) 5523-9222

Higienópolis:

(11) 3078-0321

Telemedicina:

(11) 3280-3331

Whey Protein Pode Causar Acne?

Whey Protein

Whey protein pode representar uma causa para acne. Junto com a dieta hiperprotéica e rotina exigente de atividade física, a probabilidade de surgirem erupções cutâneas se torna maior, em especial se o indivíduo já possui tal predisposição.

Isto soa horrível quando se fala de hipertrofia e para quem necessita dos suplementos para alcançar os próprios objetivos. Porém, há soluções para esta questão. Na seqüência vamos expor a relação Pele X Whey, e explicar de que maneira a dieta interfere no surgimento da acne, além de esclarecer mitos e verdades acerca deste assunto

Derivado de Leite Aumenta Acne

Os estudos indicam que alimentos de alto valor glicêmico e laticínios tendem a ocasionar acne. No caso dos alimentos populares de geradores da acne, o chocolate e sal são exemplos, mas não indicaram expressivos resultados.

Nas pesquisas feitas com os adolescentes, notou-se maior tendência ao desenvolvimento da acne nos indivíduos que ingerem 2 ou mais xícaras de leite diariamente, e menos comum na pessoa que consome somente 1 xícara de leite semanalmente.

Verificou-se ainda que a acne tenha ligação não apenas com ingestão do leite, porém com laticínios em geral, em especial os laticínios de nenhuma ou pouca gordura. Isto já que a vitamina A, aliada em combater inflamações, é absorvida melhor na presença da gordura.

O whey é proteína do soro do leite e apresenta pouca gordura em composição, assim encaixa-se de modo perfeito neste grupo de alimentos que possuem tendência para aumento da probabilidade de gerar acne.

 

Uma Causa da Acne: Whey Protein

Se derivados do leite tornam maior a chance do surgimento das espinhas, não seria diferente quando se tratando do whey, pois é produzido a partir do soro do leite. Certamente, a proteína do leite não se caracteriza por ser a causa principal do surgimento da acne, e se não há predisposição para o aparecimento das espinhas, o suplemento não alterará isto.

Mas, se foi percebido aumento em quantidade de acne após iniciar o consumo desta proteína ou se tratamentos para espinha não dão efeitos, talvez seja momento da substituição do whey por suplemento diferente.

Proteína do soro do leite vai estimular produção da insulina, e do mesmo modo que a testosterona, tal hormônio pode gerar propício ambiente ao surgimento das espinhas.

O suplemento de qualidade ruim pode trazer impurezas como as vitaminas do complexo B, e essas se ingeridas na quantidade grande, podem influenciar sobre o aspecto da saúde da pele. E podem carregar ainda hormônios, como exemplo a testosterona, que vai estimular o surgimento das espinhas.

Cada corpo comporta-se de uma forma e é essencial que a ingestão do suplemento tenha indicação pelo especialista, e seus efeitos tenham sempre acompanhamento pelo nutricionista e profissional da educação física.

Ao notar que o whey está gerando problemas dermatológicos, fazer substituição por outro suplemento da proteína. Um exemplo é a albumina, que é derivada da clara de ovo. Não são apenas derivados de leite causadores da acne. A lista dos alimentos com tal efeito é extensa.

Fazer Academia Não Causa Espinha

Há várias pessoas afirmando que academia dá espinha e isto não tem coerência alguma. Esta noção é aceita popularmente, já que a faixa etária em que existe tendência a ter mais espinhas se caracteriza da adolescência ao começo da vida adulta, e trata-se coincidentemente da faixa etária idêntica da maior parte dos freqüentadores deste ambiente.

Musculação por si não ocasiona espinha, porém o aumento de taxa hormonal sim. Já que os 2 fatores tendem a ocorrer de modo simultâneo, terminam sendo ligados por senso comum, no entanto, não há prova científica que indique relação substancial entre os dois fatores.

O fisiculturista possui taxa bastante alta de testosterona, devido às atividades que demandam mais do corpo. Isto não ocorre para a pessoa que pratica musculação normalmente, assim, não é um fisiculturista e tem espinhas, a academia então, não é a causadora principal de erupções na pele.

É ideal a consulta com dermatologista de forma a avaliar o que está gerando acne, seguir as orientações médicas e consumir dieta saudável. Deste modo, o problema com espinhas possui chances favoráveis de melhora.

 

Dieta e Espinhas

Dieta pode curar espinhas, somente em casos em que a acne se mostra bastante pontual. Os quadros avançados ou crônicos dificilmente vão ser curados somente se controlar a alimentação. Mas, a dieta equilibrada pode ter influência para reduzir a gravidade de inflamações. Para tal, é necessário fazer inclusão de nutrientes na alimentação como a vitamina B6, vitamina A e zinco.

A vitamina A é capaz de regular a atividade de glândulas sebáceas, e vai evitar o surgimento de espinhas. A vitamina B6 regula taxas hormonais e reduz a intensidade de explosões cutâneas. Já o zinco atua aumentando a defesa do corpo e diminui inflamações.

Se mesmo com uso dos suplementos de qualidade boa, tiver predisposição a ter espinhas, ter atenção redobrada com a dieta alimentar. Diminuir a ingestão dos carboidratos, que têm alto índice glicêmico e diminuir o consumo das gorduras saturadas, alimentos com muita gordura ou açúcar. Isso auxilia na redução da gravidade da acne. De modo provável não vai acabar com ela, porém vai ajudar no processo.

 

Fonte:  Dermaweb

Agende uma consulta. Aceitamos diversos convênios, clique aqui para ver

Unidade Moema: (11) 5561-0293⠀
Unidade Santo Amaro: (11) 5523-9222⠀
Unidade Paulista: (11) 3884-1867⠀
Unidade Higienópolis: (11) 3078-0321⠀

Derma Line | Há mais de 20 anos, cuidando da pele brasileira⠀
www.dermaline.com.br

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Postagens

Envelhecimento da Pele: Uma Jornada Científica

O envelhecimento da pele, processo biológico irreversível e multifatorial, é um tema de grande interesse científico e estético. Compreender os mecanismos subjacentes ao envelhecimento cutâneo

Quando se deve procurar um Dermatologista?

Quando procurar um Dermatologista?   Você deve procurar um dermatologista sempre que tiver preocupações ou problemas relacionados à pele, cabelo, unhas ou mucosas. Aqui estão

Gostou deste Post?

Cadastre seu email e inscreva-se em nossa Newsletter

Abrir chat
Agendar consulta?
Olá
Gostaria de agendar uma consulta?