Moema:

(11) 5561-0293

Sto Amaro:

(11) 5523-9222

Higienópolis:

(11) 3078-0321

Telemedicina:

(11) 3280-3331

Tudo sobre os corretivos

Corretivos

Usar corretivo é importante para fazer uma maquiagem impecável. Os melhores corretivos cobrem descoloração, clareiam áreas escuras, disfarçam manchas, e funcionam em conjunto com a base para chegar à aparência de tom de pele uniforme.

Por outro lado, se usar uma fórmula ruim ou aplicar inadequadamente o corretivo, isso pode chamar atenção para áreas problemáticas, deixar as manchas mais visíveis, e criar um aspecto branco ao redor das áreas escuras, especialmente na área dos olhos. A chave é saber que tipo de corretivo precisa e como aplicar.

–Escolhendo o corretivo

Escolher o corretivo com base no que funciona para o tipo de pele que tem e necessidades. Da mesma forma, se tiver uma pele seca, não se deve usar corretivo líquido com acabamento matte, porque o acabamento vai intensificar a pele seca.

Se tiver pele oleosa com poros dilatados, não usar um corretivo cremoso ou em bastão, já que estas texturas tendem a entupir e ampliar a aparência dos poros, além disso, tendem a adicionar brilho oleoso.

Caso queira criar um acabamento mais uniforme ao longo das descolorações menores da pele, um corretivo de cobertura leve para média vai funcionar muito bem.

Mas para a área dos olhos, certificar-se de selecionar um tom de corretivo que não seja mais do que 1 ou 2 tons mais claros do que o tom de pele natural. Desta forma você evita formar um círculo branco ao redor dos olhos e principalmente nas olheiras.

Na região completa do rosto, selecionar um corretivo que harmonize com a cor da base. Evitar tons de corretivo que sejam perceptíveis em rosa, pêssego, branco, amarelo ou cobre já que vão aparecer através da base, criando uma aparência artificial.

Seguindo as orientações acima, pode começar a achar as texturas, acabamentos, e técnicas de aplicação que funcionem melhor:

Corretivo líquido:

Melhor para pele normal, mista, oleosa e sensível. A cobertura é construtiva, variando de leve para total. Os acabamentos disponíveis incluem matte, acetinado, hidratante, e com brilho.

O corretivo líquido é o tipo mais versátil de corretivo, de fácil aplicação. É preferido para cobrir espinhas, porque é o menos provável de endurecer e emite mínimo a nenhum risco de poros entupidos, o que um corretivo mais cremoso pode fazer.

E também indicado para uso em áreas com rugas e olheiras, devido a sua textura fina, fazendo dele o menos provável a vincar pelo dia todo, embora alguns deslizes nas linhas sejam sempre possíveis. Os corretivos líquidos com acabamento matte duram mais do que os com acabamento acetinado.

O corretivo líquido com acabamento acetinado tem mais movimento, podendo oferecer uma aparência mais natural, especialmente nas áreas secas. Um corretivo líquido com um acabamento de brilho é bom para a região abaixo dos olhos, porque cobre e ilumina a área com um brilho leve, mas deve apenas ser um brilho sutil, não evidente.

Corretivo em bastão:

Este corretivo é melhor para pele normal, seca e sensível. A cobertura pode ser construída, variando de média para alta. Acabamentos disponíveis incluem acetinado e mate em pó.

Corretivo em creme:

É ideal para pele normal, sensível e seca. É possível construir cobertura nas olheiras, variando de média para alta. Os acabamentos disponíveis incluem acetinado e cremoso.

– Como aplicar o corretivo

Independente do tipo e corretivos que estiver usando, as técnicas de aplicação geralmente permanece as mesmas. Para quase qualquer tipo de pele, é importante preparar o rosto e área dos olhos com uma camada leve de hidratante, não deixar muito emoliente ou tudo vai escorrer e sair do rosto.

Se tiver pele normal à oleosa, um hidratante líquido leve ou fluido vai oferecer os melhores resultados. Algumas pessoas acham melhor aplicar corretivo e então a base, enquanto outras consideram apenas que o oposto alcance resultados ótimos, mas para as olheiras, corretivo e base dá uma cobertura bem alta.

Exceto para a base em pó, é uma decisão pessoal já que não há caminho correto absoluto, dar batidas levemente o corretivo nas descolorações, áreas escuras, ou imperfeições da pele com o dedo limpo, pincel ou esponja e gentilmente misturar até que não haja linhas aparentes de demarcação entre o corretivo e a pele ou base.

-Aplicação sobre a base em pó

Os corretivos em líquido ou em creme não devem ser aplicados sobre a base em pó, já que podem ficar irregulares e parecer manchados. Se usar base em pó, aplicar primeiro o corretivo, permitir fixar, e então aplicar a base.

Finalizar os corretivos com um pó pressionado ou leve solto, por exemplo, um corretivo com um acabamento matte não precisa ser fixado com pó, porque isso pode deixar muito seco, mas por outro lado pode experimentar e ver como o corretivo com acabamento matte aparenta e dura com e sem pó.

Quando aplicar corretivo na área sob os olhos, tentar usar um com acabamento radiante ou adicionar um iluminador no topo para um acabamento, refletindo luz para que disfarce ainda mais as áreas sombreadas.

Temos ainda os corretivos coloridos que devem ser usados de forma correta:

— Verde– para manchas avermelhadas

— Amarelo– para manchas roxas

— Laranja– para cobrir manchas marrons ou acinzentadas

— Lilás– para manchas amareladas

Os locais de aplicação dos corretivos na face podem ser os mais variáveis quando localizados: abaixo dos olhos; na lateral do nariz; nos pontos de iluminação como centro da testa, dorso do nariz e laterais das bochechas; ao redor dos lábios; na pálpebra; em toda boca e no centro dos lábios para que eles fiquem com aspecto mais volumoso. Lembrando que o importante é a escolha certa do produto que vai ser aplicado.

Fonte:  Dermaweb

Agende uma consulta. Aceitamos diversos convênios, clique aqui para ver

Unidade Moema: (11) 5561-0293⠀
Unidade Santo Amaro: (11) 5523-9222⠀
Unidade Paulista: (11) 3884-1867⠀
Unidade Higienópolis: (11) 3078-0321⠀

Derma Line | Há mais de 20 anos, cuidando da pele brasileira⠀
www.dermaline.com.br

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Postagens

Quando se deve procurar um Dermatologista?

Quando procurar um Dermatologista?   Você deve procurar um dermatologista sempre que tiver preocupações ou problemas relacionados à pele, cabelo, unhas ou mucosas. Aqui estão

Gostou deste Post?

Cadastre seu email e inscreva-se em nossa Newsletter

Abrir chat
Agendar consulta?
Olá
Gostaria de agendar uma consulta?