Moema:

(11) 5561-0293

Sto Amaro:

(11) 5523-9222

Higienópolis:

(11) 3078-0321

Telemedicina:

(11) 3280-3331

Seio Após Amamentação – Dicas para Prevenir Flacidez

seio após amamentaçãoComo mulher, o corpo é capaz de fazer coisas fantásticas, incluindo nutrir uma nova vida. Amamentação melhora o bem-estar físico e emocional, e oferece ao bebê um começo saudável. Ao longo do tempo, porém, tende a ter um impacto no corpo. Aqui são apresentadas informações sobre os seios após a amamentação e como cuidar bem deles.

Seio depois de amamentar

O formato e tamanho dos seios mudam antes e após a amamentação. Para preparar para tal, o tecido do seio e glândulas de produção de leite aumentam e ficam mais cheias. Uma vez que finalizou a amamentação, eles reduzem para seu tamanho anterior.

Pode então perceber que os seios estão mais macios e menos cheios do que quando estava amamentando, resultando em aparência caída. A extensão para qual os seios vão ganhar novamente seu tamanho e formato antes da gravidez depende de muitos fatores, incluindo idade, ganho de peso na gestação e até genética. Além disso, se foi fumante, a pele pode ter menos elasticidade e assim estar propensa para flacidez.

Mamilos após amamentação

Durante a gravidez, os níveis altos de estrogênio e progesterona afetam a região de mamilo também. Os mamilos podem aumentar de tamanho, e aréolas ao redor podem escurecer e desenvolver linhas ou estrias. Alguns meses após o parto, a coloração escura dos mamilos tendem a desaparecer. Em média o clareamento ocorre em aproximadamente três meses, mas isso depende de cada gestação e de cada mulher.

Amamentação leva à flacidez?

Contrário à crença popular, estudos mostram que amamentação não é diretamente relacionada com seios caídos. Quando está grávida, os tecidos conectivos nos seios, conhecidos como ligamentos de Cooper, ficam esticados. Isso quer dizer que pode vivenciar flacidez, mesmo se escolher não amamentar.

Como prevenir flacidez dos seios

Embora as circunstâncias como idade e genética estejam além do controle, existem maneiras de ajudar a retardar o caimento dos seios:

1 – Usar um sutiã de apoio

Assegurar que os seios permaneçam bem apoiados através das inevitáveis mudanças da gravidez, escolhendo o tamanho de sutiã correto. Usar um sutiã com tamanho errado, especialmente quando está fisicamente ativa, poderia levar à dor e ferimento. Além disso, lembrar-se de remover o sutiã antes de dormir, já que ele dificulta a circulação sanguínea.

2 – Exercitar-se regularmente

As glândulas do seio, células de gordura, e ligamentos provavelmente não vão se beneficiar de malhar, mas os músculos abaixo dos seios, chamados de peitorais, estes podem. Tonificar peitorais, menor e maior, vai oferecer aos seios uma aparência um pouco mais levantada. Considerar adicionar flexões, abdominais e exercícios de peso livre para a rotina.

3 – Hidratar e esfoliar a pele

Hidratar a derme diariamente, focar em área do peito, para manter firmeza e hidratação. Selecionar uma loção de ervas com extratos naturais que nutra a pele com aparência jovem e comprimida. Além disso, certificar-se de usar um esfoliante corporal para gentilmente esfoliar os seios enquanto no banho a cada dia. A remoção das células mortas melhora a circulação sanguínea e restaura elasticidade.

4 – Praticar a boa postura

Os ombros curvados e postura precária equivalem aos seios sem apoio. Se não tiver consciência com a postura, isso vai apenas contribuir para aparência flácida. Manter os ombros para trás e a coluna reta tanto quanto possível.

5 – Consumir menos gordura animal

É importante ter atenção com a condição da amamentação e não ganhar peso indesejado da gravidez por consumir uma dieta equilibrada rica em grãos integrais e legumes. Substituir gorduras animais saturadas com azeite, vitamina B, e vitamina E que combatem rugas e melhoram o tom da pele e elasticidade.

6 – Parar de fumar

Estudos mostraram que fumar reduz significativamente a capacidade da pele de se reparar de qualquer dano. A regeneração das células da pele no corpo é impedida por uso de tabaco pesado, levando ao envelhecimento prematuro, secura e rugas. Preservar a forma dos seios por não fumar cigarros.

7 – Banhos quentes e frios

A água quente abre os poros enquanto a água fria os comprime. Assim, é importante alternar entre temperaturas de água no banho como método eficaz para melhorar a circulação de sangue. O fluxo de sangue maior cria tom uniforme, entrega nutrientes vitais e faz detox na pele.

8 – Amamentar confortavelmente

Minimizar esticar a região por apoiar o bebê em travesseiro e levantar para altura confortável quando amamentando. Tentar não inclinar ou angular os seios para baixo, porque ao longo do tempo, amamentação diária vai apenas agravar o caimento.

9 – Desmamar o bebê devagar

Se está pronta para começar a desmamar o filho, é importante fazer isso gradualmente, para permitir aos tecidos gordurosos tempo suficiente para depositar novamente nos seios. Reduzir a frequência das sessões de amamentação pouco a pouco para restaurar a forma dos seios de pré-gravidez.

10 – Emagrecer com orientação

Similar ao desmame, o emagrecimento é um processo que nunca deve ser feito com pressa. Deve-se oferecer ao corpo uma oportunidade para se ajustar a todas estas mudanças. Uma mudança abrupta produz pele flácida, e o excesso especialmente ao redor dos seios, pode não mais retornar. Comer de forma saudável e também malhar com moderação se desejar emagrecer de forma segura e sustentável.

Agende uma consulta. Aceitamos diversos convênios, clique aqui para ver

Derma Line | Há mais de 20 anos, cuidando da pele brasileira⠀
www.dermaline.com.br

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Postagens

Envelhecimento da Pele: Uma Jornada Científica

O envelhecimento da pele, processo biológico irreversível e multifatorial, é um tema de grande interesse científico e estético. Compreender os mecanismos subjacentes ao envelhecimento cutâneo

Quando se deve procurar um Dermatologista?

Quando procurar um Dermatologista?   Você deve procurar um dermatologista sempre que tiver preocupações ou problemas relacionados à pele, cabelo, unhas ou mucosas. Aqui estão

Gostou deste Post?

Cadastre seu email e inscreva-se em nossa Newsletter

Abrir chat
Agendar consulta?
Olá
Gostaria de agendar uma consulta?