Moema:

(11) 5561-0293

Sto Amaro:

(11) 5523-9222

Higienópolis:

(11) 3078-0321

Telemedicina:

(11) 3280-3331

Produtos naturais e seus benefícios

produtos naturais

Na atualidade, alguns tópicos como sustentabilidade, alimentação saudável e consumo consciente ficaram em destaque, e muitos setores industriais passaram a ser questionados, incluindo o da beleza. É importante refletir a composição dos produtos usados na rotina diária, e o impacto dos mesmos para a saúde e  o meio ambiente. Isto gera uma demanda crescente pela procura por produtos naturais.

Aliás, para compreender estes pontos, é só pensar em contar a quantidade de diferentes produtos usados a cada dia no corpo e, na sequência, imaginar o quanto de substâncias vão para o meio ambiente em um ano de uso.  Exatamente pelo uso prolongado de certos ingredientes, é que existe a necessidade de se informar sobre o que pode ser prejudicial à saúde. Tudo que é aplicado na pele é absorvido pelo corpo, e certamente, com os produtos de higiene acontece o mesmo. As pesquisas comprovam, que o organismo não é capaz de eliminar inteiramente tais substâncias e, dessa forma, acontece o que denominamos bioacumulação.

Componentes prejudiciais à saúde, e que têm presença nos cosméticos tradicionais, foram encontrados em tecido mamário, ovário, útero e mesmo em placenta.

Diferenças entre produtos naturais e convencionais:

Com certeza, produtos naturais têm ingredientes mais saudáveis e seguros. São capazes de gerar resultados idênticos se comparados aos produtos convencionais, porém, sem riscos para pele e organismo.

Além de serem prejudiciais à pessoa, componentes sintéticos poluem também o meio ambiente, depois de serem eliminados pela água no banho, ou mesmo na hora da utilização, quando podem ser espalhados pelo ar.

Além disso, outro fator para ficar atento ao pensar na natureza, é a fabricação deste produto. Geralmente, com os produtos naturais, a produção acontece de modo sustentável, considerando um ciclo de produção pouco ou nada poluente. Entretanto, os produtos convencionais são produzidos com ingredientes poluentes, muitas vezes derivados do petróleo.

Componentes que são nocivos para a saúde

Não são poucos os componentes que estão presentes nos produtos de maquiagem e higiene, que podem ser prejudiciais para seus usuários. Os parabenos, conservantes, corantes sintéticos, fragrâncias, oxibenzona, e alumínio se caracterizam como alguns dos alérgicos comprovadamente, e para determinadas situações, cancerígenos.

A princípio, acontecem testes para medição da toxicidade deste tipo de material, no entanto, a questão é que tais estudos fazem avaliação somente de perigos de concentração em determinado produto, sendo que esses ingredientes não são utilizados somente em um cosmético.

Aliás, a acumulação destes no corpo junto com a mistura de mais componentes, pode ser ainda bastante prejudicial, e não é mensurada novamente, na avaliação. Para verificação do cosmético que tem ou não tais elementos, é preciso sempre verificar o rótulo dos produtos.

Como não é tão fácil decifrar todos os elementos listados nas embalagens, a orientação é começar pelos que já sabe que são prejudicais, e se houver dúvida,  pesquisar tal componente. No momento de entender mais acerca de ingredientes, alguns aplicativos e sites podem auxiliar.

Estes contam com um banco de dados, cheio de informações sobre variados componentes, e também oferecem estudos ligados com reações causadas pelos mesmos.

Ainda sobre o que estes componentes fazem com o corpo, verificamos que as substâncias podem causar alergias, dermatite de contato, ressecamento excessivo da pele e entupimento de poros. E a longo prazo, estudos apontam mudanças no ciclo hormonal e relação possível com casos de câncer.

Adaptação para o uso de produtos naturais:

Geralmente, desodorante e shampoo são itens que demandam tempo maior a adaptar. Shampoo natural não possui lauril sulfato de sódio, substãncia responsável pela espuma no momento da aplicação, e que se mostra irritante à derme além de ser poluente.

Dessa forma, o usuário necessita se familiarizar com textura um tanto mais densa no momento de lavar. Além disso, o cabelo também pode estranhar a mudança da fórmula e ficar com frizz no mês inicial.

Em relação ao suor, cada organismo tem específicas particularidades, como por exemplo a flora bacteriana na axila, que se caracteriza única em cada indivíduo. Torna-se necessário, fazer um teste de desodorantes naturais que são mais eficientes para você, sendo importante sempre fazer uma adaptação inicial para o uso dos produtos.

Diferentes categorias de produtos naturais:

Na categoria de produtos naturais, os cosméticos contam com cerca de 50 a 95%, mudando, segundo o selo que comprova legitimidade do item, a matéria-prima oriunda da natureza. O restante da fórmula pode ser composta por materiais sintéticos ou orgânicos, contanto que não sejam produtos proibidos, como os derivados de petróleo e parabenos.

No caso dos orgânicos, são itens elaborados que não representam dano à natureza, e que necessitam possuir em torno de 95% da matéria-prima orgânica comprovadamente. O resto dos ingredientes necessita também ser natural, como material vegetal ou animal e água.

Na categoria de veganos, estes são produtos que não usam componentes de origem animal. O cosmético vegano não necessariamente é natural, assim, é exigida atenção no rótulo, para compreender o que está em sua formulação.

Slow Beauty

Conforme essas questões passam a fazer parte do cotidiano das pessoas, uma nova tendência se cria. A tendência de slow beauty, faz referência ao consumo mais consciente também durante o ritual de cuidados. Mais versões multifuncionais e menos produtos para reduzir o lixo criado pela cadeia de produção. Além disso, repensar a maneira que se consome, e ainda, o impacto disso em relação à natureza. Trata-se de ter uma vida mais equilibrada e consciente.

 

Fonte:  Dermaweb

Agende uma consulta. Aceitamos diversos convênios, clique aqui para ver

Unidade Moema: (11) 5561-0293⠀
Unidade Santo Amaro: (11) 5523-9222⠀
Unidade Paraíso: (11) 3884-1867⠀
Unidade Itaim Bibi: (11) 3078-0321⠀

Derma Line | Há mais de 20 anos, cuidando da pele brasileira⠀
www.dermaline.com.br

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Postagens

Quando se deve procurar um Dermatologista?

Quando procurar um Dermatologista?   Você deve procurar um dermatologista sempre que tiver preocupações ou problemas relacionados à pele, cabelo, unhas ou mucosas. Aqui estão

Gostou deste Post?

Cadastre seu email e inscreva-se em nossa Newsletter

Abrir chat
Agendar consulta?
Olá
Gostaria de agendar uma consulta?