Moema:

(11) 5561-0293

Sto Amaro:

(11) 5523-9222

Higienópolis:

(11) 3078-0321

Telemedicina:

(11) 3280-3331

Envelhecimento da Pele nas Várias Partes do Corpo

envelhecimento

O envelhecimento da pele está associado a vários fatores como o sol, clima pesado, e hábitos ruins. Mas é possível de alguma forma ajudar a pele a ficar flexível e com aparência fresca. Como a pele envelhece, vários fatores como o estilo de vida, dieta, fator hereditário, e outros hábitos pessoais, devem ser analisados.

Por exemplo, fumar pode produzir radicais livres, moléculas de oxigênio uma vez saudáveis que agora estão super ativas e instáveis. Os radicais livres danificam as células, favorecendo o aparecimento de rugas prematuras.

Além do envelhecimento natural, outros fatores contribuem para o envelhecimento da pele, como exposição ao sol, estresse, gravidade, movimento facial diário, obesidade, e até posição ao dormir.

Mudanças na pele com a idade

Conforme se envelhece, as mudanças naturalmente ocorrem:

  • A pele fica mais áspera, podendo desenvolver lesões como tumores benignos.
  • A pele fica mais flácida, devido a perda do tecido elástico.
  • A pele fica mais transparente, devido o afinamento da epiderme, a camada mais superficial da pele.
  • A pele fica mais frágil. Isso é causado por um achatamento da área onde a epiderme e a derme se juntam.
  • A pele fica mais facilmente ferida, pois tem paredes mais finas de vasos sanguíneos.

Outras mudanças na pele também se tornam evidentes conforme envelhecemos:

  • Perda da gordura abaixo da pele nas bochechas, têmporas, queixo, nariz e área dos olhos, pode resultar em pele mais flácida, olheiras e uma aparência mais abatida.
  • A perda óssea, principalmente ao redor da boca e queixo, pode se tornar evidente após a idade de 60 anos, causando enrugamento da pele ao redor da boca.
  • A perda de cartilagem no nariz causa caimento da ponta nasal e acentuação das estruturas ósseas no nariz.

Sol e pele

A exposição à luz solar é um grande culpado no envelhecimento da pele. Ao longo do tempo, a luz ultravioleta do sol, UV, danifica certas fibras na pele chamadas de elastina. A quebra das fibras de elastina, faz a pele ceder e esticar, levando a uma flacidez local.

A pele também machuca e rompe mais facilmente, levando mais tempo para cicatrizar. Assim, enquanto o dano solar pode não aparecer quando é jovem, vai aparecer mais tarde na vida adulta.

Nada pode desfazer completamente o dano solar, embora a pele possa por vezes se reparar. Alguns tratamentos como lasers, podem também ajudar a reverter algum dano. Assim, nunca é tarde para iniciar uma prevenção e tratamento, se proteger da exposição solar e câncer de pele. É possível retardar as mudanças associadas com o envelhecimento, ficando longe do sol e utilizando o protetor solar.

Outras mudanças na pele

A gravidade, movimento facial, e posição ao dormir, são fatores secundários que contribuem com as mudanças na pele, para perda da elasticidade.

As linhas do movimento facial se tornam mais visíveis quando a pele começa a perder sua elasticidade, principalmente na idade dos 30 e 40 anos. As linhas podem aparecer horizontalmente na testa, verticalmente na pele acima da raiz do nariz, ou  linhas curvadas pequenas nas têmporas, bochecha superior, e ao redor da boca.

O Envelhecimento da pele e o sono

Dormir de costas pode melhorar os vincos do sono ou prevenir seu aparecimento. Normalmente, eles aparecem no lado da testa, começando acima das sombrancelhas e no meio das bochechas. Fumantes tendem a ter mais rugas do que não fumantes da mesma idade.

Aproximadamente 85% das pessoas mais velhas desenvolvem “coceira de inverno”, porque o ar superaquecido em ambiente interno é seco. A perda das glândulas de óleo conforme se envelhece, pode também piorar a pele seca. Qualquer coisa que seque mais a pele vai fazer o problema piorar.

Se a pele é muito seca e coça, pode afetar o sono, causar irritabilidade, ou ser um sintoma de doença. Alguns medicamentos também podem fazer a coceira piorar.

Além dos cuidados todos com a pele, é importante investir na alimentação balanceada, com muita água, vitaminas e antioxidantes. Sempre anteriormente a usar algum produto para pele, visitar o dermatologista, já que somente este profissional pode fazer uma avaliação das necessidades que a pele apresenta e indicar os tratamentos ideais.

Fonte:  Dermaweb

Agende uma consulta. Aceitamos diversos convênios, clique aqui para ver

Unidade Moema: (11) 5561-0293⠀
Unidade Santo Amaro: (11) 5523-9222⠀
Unidade Paraíso: (11) 3884-1867⠀
Unidade Itaim Bibi: (11) 3078-0321⠀

Derma Line | Há mais de 20 anos, cuidando da pele brasileira⠀
www.dermaline.com.br 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Postagens

Quando se deve procurar um Dermatologista?

Quando procurar um Dermatologista?   Você deve procurar um dermatologista sempre que tiver preocupações ou problemas relacionados à pele, cabelo, unhas ou mucosas. Aqui estão

Gostou deste Post?

Cadastre seu email e inscreva-se em nossa Newsletter

Abrir chat
Agendar consulta?
Olá
Gostaria de agendar uma consulta?