Moema:

(11) 5561-0293

Sto Amaro:

(11) 5523-9222

Higienópolis:

(11) 3078-0321

Telemedicina:

(11) 3280-3331

Cabelos Saudáveis – 12 Alimentos Essenciais!

cabelos saudáveisApenas como o alimento pode positivamente impactar a pele, o mesmo conceito se aplica à saúde dos fios. Em outras palavras, certos alimentos podem apoiar a luminosidade do cabelo, força e volume. A queda de fios é algo comum. Na realidade, estima-se que em torno de 50% das mulheres vão vivenciar perda perceptível dos fios durante sua vida.

A causa mais significativa da perda de fios em mulheres é chamada de perda de cabelo de padrão feminino, afetando em torno de um terço das mulheres suscetíveis. A perda de cabelo pós-parto desempenha um grande papel também.

Causas da perda de fios em mulheres

Uma ampla gama de condições pode gerar a perda de fios, como predisposição genética, menopausa, pós parto, alterações da tireóide e anemia. A causa mais comum é a  condição hereditária que acontece com a idade, contribuindo para perda de cabelo de padrão feminino.

Em termos de perda temporária, as mudanças hormonais, infecções do couro cabeludo, situações estressantes, e alimentação deficiente em nutrientes, principalmente proteínas, podem contribuir para um cabelo mais fraco, já que as proteínas equivalem a 97% da composição da fibra. A deficiência de alguns minerais e vitaminas também prejudica o crescimento e desenvolvimento dos fios, daí a importância da nutrição capilar começar de dentro para fora.

Finalmente, algumas estilizações nos fios e tratamentos podem ainda causar perda, conhecida como alopecia por tração.

Cabelos saudáveis – 3 ciclos de crescimento capilar

Pela vida, o cabelo cresce em 3 ciclos:

  • Fase anágena (fase de crescimento): isso pode durar de 2 a 8 anos. Nesta fase geralmente temos em torno de 85 a 90% do cabelo na cabeça.
  • Fase catágena (fase de transição): isso qualifica o tempo que os folículos capilares encolhem. Leva em torno de 2 a 3 semanas.
  • Fase telógena (fase de repouso): isso leva aproximadamente 2 a 4 meses. No final desta fase, o cabelo cai.

Para fios mais curtos como sobrancelha e cílios, geralmente têm uma fase anágena curta, em torno de um mês. Os fios do couro cabeludo podem durar até 6 anos ou mais.

Como o estilo de vida impacta a perda capilar

Além de ser gentil com o cabelo ao escovar, vários hábitos do estilo de vida impactam a perda e crescimento dos cabelos. Além da genética e idade, o que tem influência sobre o crescimento são os fatores do ambiente, estresse e nutrição que vão impactar a saúde e bem-estar capilares.

Os estressores do ambiente que podem ser danosos para os folículos capilares incluem vários fatores, como exposição às toxinas, poluição e o hábito de fumar. A alta poluição no ambiente pode levar à coceira, caspa e couro cabeludo oleoso. Portanto, quanto mais o cabelo estiver nutrido e protegido com um condicionador profundo e chapéu, melhor.

O estresse enquanto inevitável por vezes, é outro componente da perda capilar. O estresse agudo ou crônico leva grupos grandes de folículos capilares para a  fase de repouso, causando a queda alguns meses após o evento de estresse.

Finalmente, a nutrição. A alimentação variada, colorida e com todos os grupos alimentares fornecem todos os nutrientes necessários para garantir a saúde dos cabelos e prevenir a queda capilar. O consumo de proteína adequada, beber muita água filtrada, e comer alimentos ricos em zinco, vitamina B e ferro, assim como os verdes folhosos escuros, grãos integrais, proteína animal, gorduras saudáveis como azeitonas, castanhas, nozes, avelãs, amêndoas, amendoins, abacate, podem contribuir para ter fios saudáveis e fortes, além de promover o crescimento capilar.

Cabelos saudáveis – 12 alimentos para crescimento do cabelo

Para muitas pessoas, o corpo demanda uma dieta rica em alimentos vegetais, fibra, antioxidantes, ácidos graxos ômega, e proteína de alta qualidade para ótimo crescimento capilar. Em outras palavras, comer um arco íris. Consumir estes 12 alimentos, como parte de uma dieta nutritiva, pode ajudar a apoiar o processo de crescimento do cabelo e também contribuir para blocos de construção de uma pele e unhas saudáveis.

São os alimentos:

  • Abacate.
  • Pimentão.
  • Vegetais crucíferos.
  • Ovos.
  • Iogurte grego.
  • Lentilhas.
  • Laranjas.
  • Salmão.
  • Algas marinhas.
  • Espinafre.
  • Batata doce.
  • Caldo de osso.

Abacate

As gorduras saudáveis são essenciais para saúde do cabelo. Na realidade, porque o corpo não pode produzir ácidos graxos ômega 3, as pessoas precisam obtê-los na dieta. E aqui entram os abacates. Esta fruta super alimento nutre os folículos capilares com suas vitaminas, minerais e gorduras saudáveis. E são ricos em vitamina E e antioxidantes, ajudando a estimular fios fortes, com brilho.

Pimentão

Uma fonte maravilhosa de vitamina C e fibra, o pimentão desencadeia crescimento capilar através da circulação melhor do sangue no couro cabeludo. Como membro da família capsicum, o pimentão é uma fonte excelente de vitaminas A, C e B6.

Vegetais crucíferos

Vegetais crucíferos, como brócolis, couve-flor, são ricos em folato, que é necessário para melhorar cabelo ralo, fraco ou quebradiço. Os vegetais crucíferos também ajudam na produção natural de queratina, devido a conter aminoácidos ricos em enxofre. Estes aminoácidos são um subgrupo importante que constrói queratina. Queratina, de muitas formas, é protetora externa, e proteína estrutural interna para proteger e manter os fios saudáveis.

Cuidando da fibra capilar de dentro para fora conseguimos manter os cabelos fortes, sedosos e saudáveis da raiz às pontas.

Agende uma consulta. Aceitamos diversos convênios, clique aqui para ver

Derma Line | Há mais de 20 anos, cuidando da pele brasileira⠀
www.dermaline.com.br

 

 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Postagens

Envelhecimento da Pele: Uma Jornada Científica

O envelhecimento da pele, processo biológico irreversível e multifatorial, é um tema de grande interesse científico e estético. Compreender os mecanismos subjacentes ao envelhecimento cutâneo

Quando se deve procurar um Dermatologista?

Quando procurar um Dermatologista?   Você deve procurar um dermatologista sempre que tiver preocupações ou problemas relacionados à pele, cabelo, unhas ou mucosas. Aqui estão

Gostou deste Post?

Cadastre seu email e inscreva-se em nossa Newsletter

Abrir chat
Agendar consulta?
Olá
Gostaria de agendar uma consulta?