Moema:

(11) 5561-0293

Sto Amaro:

(11) 5523-9222

Higienópolis:

(11) 3078-0321

Telemedicina:

(11) 3280-3331

Manchas de Espinha – Como Eliminar

Sempre que aparecer uma espinha, devemos intervir rapidamente. Algumas vezes, as manchas escuras de espinha aparecem na pele, mesmo após o desaparecimento das lesões ativas.

Livrar-se destas manchas escuras na pele, começa com o entendimento do que as causa em primeiro lugar. A espinha surge na pele como uma forma de inflamação. Conforme a pele cura e novas células se formam, é possível que estas células enviadas para ajudar, restaurando a superfície macia da pele, contenham muita melanina.

A melanina é o que dá a cor para pele, e quando certas células têm mais melanina do que outras, o resultado é uma região mais escura. É a chamada Hiperpigmentação pós-inflamatória.

Qualquer ocorrência que faça a inflamação durar mais, como cutucar ou apertar uma lesão, pode aumentar as chances de escurecer a pele neste local. As pessoas que têm tons de pele naturalmente mais escuros, são mais propensas para esta condição. É importante saber mais sobre como tratar as manchas escuras pós-espinha e como evitá-las no futuro.

Manchas Escuras e Cicatrizes

Tratar manchas escuras de acne é diferente do que tratar cicatrizes de acne. Nas cicatrizes houve um dano tecidual, sendo difícil remover completamente, e mesmo que possam melhorar ao longo do tempo, geralmente permanecem visíveis.

As manchas escuras de acne, por outro lado, são planas na superfície da pele, e não indicam qualquer dano para células da pele, poros, ou folículos. Com o tempo, tendem a ficar mais claras, e eventualmente desaparecem completamente.

Existem muitas opções seguras para melhorar mais rapidamente esta Hiperpigmentação:

 Remédios caseiros

Deve-se ter muito cuidado com remédios caseiros ou receitas mágicas para tratar a hiperpigmentação pós-inflamatória. Infelizmente, muitos destes remédios caseiros podem até em certos casos, piorar o processo inflamatório e aumentar a mancha. Procure sempre a orientação do seu dermatologista.

  • Óleo de coco – além de ser um potente hidratante, ele é um anti-dihidrotestosterona, uma variação do hormônio testosterona, grande causador de acne. Ele ajuda a reduzir espinhas, além de atuar no tratamento das manchas.
  • Aloe Vera ( babosa ) – muito interessante como tratamento caseiro para marcas e cicatrizes mais leves de acne. Possui propriedades calmantes e cicatrizantes e pode auxiliar na regeneração da pele.
  • Vinagre de maçã – reduz a oleosidade da pele, e alguns postulam uma ação clareadora, melhorando as marcas de acne.
  • Chá verde – por ter propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, pode ajudar a secar as espinhas.
  • Clara de ovo – utilizada como uma máscara facial, também pode ser um tratamento caseiro para espinhas. As proteínas e o colágeno presentes , podem melhorar o aspecto da pele.
  • Creme de pepino e açúcar – o pepino ajuda a remover as impurezas, acalma e hidrata a pele, enquanto o açúcar promove esfoliação, reduzindo as manchas mais superficiais.

Segundo uma pesquisa, o tratamento de quaisquer manchas escuras, deve começar com uma rotina vigilante de proteção solar. Usar protetor solar com FPS 30 no mínimo a cada dia, independente se tem sol ou em dias nublados, ajudará a prevenir mais danos para a pele.

Produtos dermatológicos

Existem produtos que interrompem a síntese de melanina nas manchas escuras, enquanto descascando a pele velha e encorajando novo crescimento. Mas alguns produtos apresentam um risco de remover muito pigmento da pele, resultando na chamada hipopigmentação.

Conversar com o seu dermatologista, é o melhor caminho, antes de tentar usar produtos sem receita para se livrar de manchas escuras causadas por acne. Sómente ele, vai poder orientar os produtos mais adequados para cada caso:

  • Retinóides, vitamina A.
  • Vitamina E
  • Hidroquinona
  • Alfa Hidroxiácidos
  • Ácido kójico
  • Ácido Azelaico
  • Ácido Tranexâmico
  • Ácido ferúlico
  • Vitamina C
  • Ácido Glicólico

 Tratamentos dermatológicos

Outros tratamentos orientados e realizados pelo seu médico podem trazer muitos benefícios:

– Peelings químicos

Os peelings químicos são feitos para remover as células da pele danificadas, e revelar uma pele com aparência mais jovem, portanto. Estes envolvem aplicar assim uma solução de ácidos tópicos diferentes no rosto. Devem ser de fato recomendados e elaborados pelo seu médico dermatologista, pois apresentam concentrações e combinações diferentes, dependendo então da gravidade da mancha.

 – Microdermoabrasão

A microdermoabrasão é um tratamento realizado por um aparelho que faz uma esfoliação física e muito superficial na pele. Ele promove a remoção de células mortas e consequentemente, a renovação celular e o estímulo da produção de colágeno. É muitas vezes utilizado para complementar os tratamentos das manchas escuras da pele, inclusive aquelas causadas por acne

 – laser

Os lasers podem ser uma maneira de quebrar o tecido de cicatriz e corrigir manchas escuras causadas por acne, tendo uma indicação bem específica. Outros tratamentos como Microagulhamento ou MMP também deverão ser avaliados pelo seu dermatologista.

Fonte: Healthline

Agende uma consulta. Aceitamos diversos convênios, clique aqui para ver

Derma Line | Há mais de 20 anos, cuidando da pele brasileira⠀
www.dermaline.com.br

 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Postagens

Envelhecimento da Pele: Uma Jornada Científica

O envelhecimento da pele, processo biológico irreversível e multifatorial, é um tema de grande interesse científico e estético. Compreender os mecanismos subjacentes ao envelhecimento cutâneo

Quando se deve procurar um Dermatologista?

Quando procurar um Dermatologista?   Você deve procurar um dermatologista sempre que tiver preocupações ou problemas relacionados à pele, cabelo, unhas ou mucosas. Aqui estão

Gostou deste Post?

Cadastre seu email e inscreva-se em nossa Newsletter

Abrir chat
Agendar consulta?
Olá
Gostaria de agendar uma consulta?