Moema:

(11) 5561-0293

Sto Amaro:

(11) 5523-9222

Higienópolis:

(11) 3078-0321

Telemedicina:

(11) 3280-3331

Hábitos que Causam a Acne

Acne

Muitas pessoas têm dúvida sobre o motivo de ainda ter acne, mesmo não sendo mais adolescente. Na verdade, é muito comum a acne persistir na vida adulta. Acne adulta tem muita similaridade para acne adolescente em relação às causas e tratamento. Mas há algumas qualidades únicas para acne adulta também.

O que causa acne adulta

Acne adulta, ou acne pós-adolescência, acontece após a idade de 25 anos. Para a maior parte, as causas da acne adulta são as mesmas, como produção de óleo em excesso, poros ficando entupidos por células da pele pegajosas, bactérias, e inflamação.

Alguns fatores indiretos também podem influenciar o aparecimento da acne nesta fase:

  • Hormônios, estresse, e alteração de ciclo menstrual em mulheres, podem influenciar a produção de óleo.
  • Produtos de cabelo, produtos de skincare, e maquiagem, podem obstruir os poros.
  • Dieta, que pode influenciar inflamação pelo corpo todo.

Alguns remédios, incluindo corticosteróides, esteróides anabolizantes, e lítio, podem também causar acne. Muitos distúrbios de pele, incluindo acne, podem ser uma janela na condição sistêmica.

Por exemplo, perda de cabelo, crescimento de cabelo excessivo, ciclos menstruais irregulares, ou ganho de peso rápido ou perda, em adição à acne, ou início rápido de acne sem histórico antecedente, podem ser todas bandeiras vermelhas de uma doença subjacente, como síndrome do ovário policístico, ou outros distúrbios endocrinológicos.

Como prevenir

  • Nunca ir para cama com maquiagem ou com protetor solar com cor. Utilize um demaquilante e depois lave com um sabonete adequado ao seu tipo de pele. Finalize, tonificando para restaurar o PH fisiológico da pele, e aplique o hidratante adequado para a idade, ou o tratamento indicado pelo seu dermatologista.
  • Verificar rótulos, quando comprar produtos de skincare e cosméticos, sempre procurar pelos termos “não comedogênico”, “livre de óleo”, ou “não entupirá poros”. O ideal é usar maquiagens com comedogênicos como base.
  • Evitar óleos faciais e produtos de cabelo que contenham óleo.
  • Alguns pontos de acne não são realmente acne, mas são mudanças de pigmento pós-inflamatórias de lesões de acne anteriores, ou de cutucar acne ou espinhas. Usar protetor solar com FPS superior a 30 diariamente, para prevenir escurecimento destes pontos.

Há alguma evidência, que mudanças na dieta específicas, podem ajudar a reduzir o risco de acne. O açúcar em excesso, por exemplo, pode levar ao aparecimento da acne. A ansiedade e o estresse podem fazer com que o indivíduo coma mais, aumentando a taxa glicêmica e desenvolvendo acne. A oleosidade, também estimula o aparecimento da acne, pelo aumento dos andrógenos. Portanto, deve-se manter o rosto limpo para evitar o acúmulo de gordura, lavando com sabonete adequado duas vezes ao dia.

Opções de tratamento

O arsenal de opções de tratamento para acne depende do tipo e a gravidade, ainda mais nos adolescentes. A tretinoína tópica, que funciona por reverter as células da pele mais rápido para prevenir poros entupidos, é um pilar em qualquer regime de tratamento para acne, e tem o bônus adicional de tratar rugas finas, e uniformizar e clarear o tom da pele.

Tratamento sistêmico

Para casos mais graves de acne, existem antibióticos e anti-inflamatórios orais. Outro tratamento pode ser feito com isotretinoína, que regula a produção de gordura pelo organismo. Ainda, o uso de pílula anticoncepcional e espironolactona, podem auxiliar na regulação hormonal.

Tratamentos a base de luz e produtos

Os tratamentos com base em luz, em consultório, que é a fototerapia com luz azul, podem ajudar em casos específicos. Os peelings químicos, dermoabrasão, lasers, também feitos em consultório, podem ajudar a diminuir alterações pigmentares e cicatriciais pós-inflamatórias.

Os produtos indicados pelo dermatologista, incluem cremes, géis, sabonetes e antibióticos tópicos e orais. Tudo vai depender do grau e intensidade da acne. Quanto mais cedo iniciar o tratamento, menor o risco de danos para a pele e abalo para a autoestima.

Cuidados com a pele

É também importante não cutucar lesões de acne, ou utilizar produtos caseiros. Com avaliação adequada por um dermatologista, este poderá recomendar a limpeza de pele profissional, além do tratamento específico para cada caso.

Fonte:  Dermaweb

Agende uma consulta. Aceitamos diversos convênios, clique aqui para ver

Unidade Moema: (11) 5561-0293⠀
Unidade Santo Amaro: (11) 5523-9222⠀
Unidade Paraíso: (11) 3884-1867⠀
Unidade Itaim Bibi: (11) 3078-0321⠀

Derma Line | Há mais de 20 anos, cuidando da pele brasileira⠀
www.dermaline.com.br 

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Postagens

Envelhecimento da Pele: Uma Jornada Científica

O envelhecimento da pele, processo biológico irreversível e multifatorial, é um tema de grande interesse científico e estético. Compreender os mecanismos subjacentes ao envelhecimento cutâneo

Quando se deve procurar um Dermatologista?

Quando procurar um Dermatologista?   Você deve procurar um dermatologista sempre que tiver preocupações ou problemas relacionados à pele, cabelo, unhas ou mucosas. Aqui estão

Gostou deste Post?

Cadastre seu email e inscreva-se em nossa Newsletter

Abrir chat
Agendar consulta?
Olá
Gostaria de agendar uma consulta?