Moema:

(11) 5561-0293

Sto Amaro:

(11) 5523-9222

Higienópolis:

(11) 3078-0321

Telemedicina:

(11) 3280-3331

A Depilação a Laser Elimina os Pelos Para Sempre?

Depilação

Certamente, a depilação a laser não é exatamente uma prioridade para pessoas com uma discreta e suave penugem loira, formada por pelos corporais com distribuição harmônica.

Contudo, para as pessoas que sofrem pela massa de fios grossos, espalhados pelo corpo inteiro, escuros e rebeldes, ou mesmo formando patologias como foliculites, este método pode se mostrar libertador e efetivo, já que após algumas sessões da depilação a laser, uma grande quantidade de pelos podem desaparecer.

E na segunda aplicação, podem estar mais finos e claros. Mais um ponto positivo, é que as máquinas mais modernas, possibilitam que a pele bronzeada, morena e negra sejam também depiladas.

A depilação não é para sempre. Afinal, não há laser que ofereça depilação definitiva, pois alguns podem tornar a surgir depois de um determinado tempo. É preciso fazer manutenção anualmente, para que o pelo mais persistente que possa aparecer, tenha possibilidade de ser eliminado. No entanto, associar a técnica correta com profissional e aparelho que atenda ao tipo de pele, possibilita duradouras depilações.

Ação do laser

O laser elimina o pelo, pois sua energia, na forma da luz, é captada e atraída pela melanina, o pigmento encontrado na haste do fio e que dá sua coloração. Tal energia térmica é capaz de destruir ou retardar a capacidade de produção do folículo do fio novo. Pelos que não têm eliminação no momento, crescem de forma lenta, mais finos e claros. E quanto mais escuro for o pelo, o resultado com laser é melhor.

Se dói a aplicação, isso depende. Para a pessoa que não tem problema com a cera, não sofrerá tanto assim pelo laser. No entanto, é importante entender que existe sim um desconforto para cada disparo.

Sensação de ardência é variável, segundo a sensibilidade do indivíduo, a região para depilar, a taxa de estresse ou mesmo o período do ciclo menstrual, no caso das mulheres. Quanto mais fina e sensível for a pele da região a ser depilada, maior a sensação de desconforto.

A utilização dos anestésicos locais ou bolsas geladas, deixa as sessões mais confortáveis em relação a ardência ou dor, em especial nas regiões de maior sensibilidade, como o buço, ou na sessão longa. Para quais regiões é mais indicado o laser? Todas as áreas corporais respondem bem ao tratamento com laser.

O laser Diiodo pode ser utilizado para todos os tipos de pele. Hoje, alguns aparelhos fornecem esta tecnologia que é muito segura.

Quantidade de sessões

Depois da primeira sessão, a região fica vermelha e quente. O incômodo segue de 2 a 4 horas em média, e após, determinadas regiões podem escurecer um pouco e compor crostas pequenas, que somem em alguns dias.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Laser, o tratamento tem duração de 6 sessões, em média. Para cada aplicação, vários dos folículos pilosos são destruidos, não mais produzindo os pelos, ao passo que outros são danificados, possibilitando o retorno de nascimento dos fios.

Para cada sessão adicional, sobreviventes vão sendo reduzidos, e após 4 a 6 aplicações, vão restar somente alguns pelos na região tratada. Para a dúvida se tiver poucos pelos, se pode eliminar estes em apenas 1 sessão, a resposta é não.

O pelo apenas é destruído na fase do crescimento. Mesmo na região com quantidade pequena de fios, parte estará na fase de crescimento e parte no repouso. Sessões são feitas em média a cada 30 dias, para que possam alcançar os pelos nas duas fases. Depois da aplicação inicial, os resultados já são notados, e no final das 6 aplicações, quase a quantidade total de pelos são eliminados.

Cuidados necessários

Sobre os cuidados necessários antes e após a sessão, o adequado é ficar pelo menos 3 semanas sem tomar sol antes de iniciar o tratamento. Após cada sessão, a aplicação do gel calmante ou creme específico é recomendado.

Evitar transpiração ou calor intensos, e exposição solar na região. Na situação da queimação ou ardência, fazer compressa gelada durante 30 minutos para um conforto.

Se a intensidade do aparelho não for bem calculada, podem aparecer bolhas em determinados pontos, ou mesmo escurecimento temporário da área atingida. Portanto, o ideal é que seja feita uma avaliação da pele antes de iniciar a sessão de laser. Dependendo do tipo de laser usado, se tomar sol de forma direta na região depilada nos dias subsequentes depois da sessão, existe um risco de manchar a pele. Neste caso, é importante seguir as recomendações médicas durante todo o tratamento, como não expor ao sol a área tratada e os cuidados com a pele em casa.

A manutenção depende do surgimento dos pelos novos no local. Podemos imaginar a pele como um campo semeado. É possível eliminar toda a plantação madura, porém, nada impede que uma  semente esquecida germine após alguns anos ou meses. Com o pelo ocorre o mesmo, uma vez que existem folículos imaturos, que se desenvolverão no futuro.

Fonte:  Dermaweb

Agende uma consulta. Aceitamos diversos convênios, clique aqui para ver

Unidade Moema: (11) 5561-0293⠀
Unidade Santo Amaro: (11) 5523-9222⠀
Unidade Paraíso: (11) 3884-1867⠀
Unidade Itaim Bibi: (11) 3078-0321⠀

Derma Line | Há mais de 20 anos, cuidando da pele brasileira⠀
www.dermaline.com.br 

Compartilhe:

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Postagens

Quando se deve procurar um Dermatologista?

Quando procurar um Dermatologista?   Você deve procurar um dermatologista sempre que tiver preocupações ou problemas relacionados à pele, cabelo, unhas ou mucosas. Aqui estão

Gostou deste Post?

Cadastre seu email e inscreva-se em nossa Newsletter

Abrir chat
Agendar consulta?
Olá
Gostaria de agendar uma consulta?