Moema:

(11) 5561-0293

Sto Amaro:

(11) 5523-9222

Higienópolis:

(11) 3078-0321

Telemedicina:

(11) 3280-3331

Diverticulose: Prevenção com uma Dieta Rica em Fibras

Diverticulose: Prevenção com uma Dieta Rica em Fibras

O que é diverticulose?

A diverticulose é uma condição comum do cólon, caracterizada pela formação de pequenas bolsas na parede intestinal. A maioria das pessoas com diverticulose não apresenta sintomas, mas em alguns casos, uma ou mais bolsas podem inflamar, geralmente devido a uma infecção bacteriana. Essa inflamação é chamada de diverticulite.

Como prevenir a diverticulose e a diverticulite?

Uma dieta rica em fibras é fundamental para reduzir o risco de desenvolver diverticulose e diverticulite. As fibras ajudam a manter o sistema digestivo saudável e a regular o movimento intestinal, diminuindo a pressão dentro do cólon e prevenindo a formação de bolsas.

Dicas para aumentar a ingestão de fibras:

  • Consuma frutas e vegetais em todas as refeições: Procure incluir pelo menos três porções de vegetais e duas porções de frutas no seu dia a dia. Uma porção equivale a uma fruta média, meia xícara de frutas ou vegetais crus ou uma xícara de folhas verdes.
  • Varie suas escolhas: Experimente diferentes tipos de frutas e vegetais para garantir uma variedade de nutrientes e sabores.
  • Inclua leguminosas: Leguminosas como feijão, lentilha e ervilha são excelentes fontes de fibras. Consuma-as pelo menos três vezes por semana como proteína vegetal em pratos sem carne ou como acompanhamento no lugar de grãos refinados.
  • Opte por grãos integrais: Substitua grãos refinados como arroz branco por grãos integrais como arroz integral, arroz selvagem ou bulgur. Para massas, procure versões feitas de quinoa ou leguminosas como grão-de-bico e lentilha.
  • Escolha lanches saudáveis: Nozes, sementes e frutas são ótimas opções de lanches ricos em fibras. Você também pode adicioná-las a outros alimentos como iogurte, aveia, saladas e batatas fritas.
  • Leia os rótulos dos alimentos: Verifique o conteúdo de fibra alimentar nos rótulos nutricionais. Opte por produtos com pelo menos 5 gramas de fibra por porção.

Aumentando a ingestão de fibras gradualmente:

É importante aumentar a ingestão de fibras gradualmente para evitar efeitos colaterais como gases, inchaço, diarreia e cólicas abdominais. Comece adicionando uma porção extra de um alimento rico em fibras à sua dieta diária por uma semana e observe como seu corpo reage. Se sentir-se bem, adicione mais uma porção na semana seguinte. Continue esse processo até atingir a sua meta diária de fibra.

Lembre-se:

  • Beba bastante água: A água é essencial para ajudar a fibra a passar pelo sistema digestivo e evitar o desconforto estomacal. Beba cerca de 16 onças de água quatro vezes ao dia.
  • Consulte um nutricionista: Um nutricionista pode te ajudar a criar um plano alimentar personalizado com base nas suas necessidades e preferências individuais.

Com uma dieta rica em fibras e hábitos saudáveis, você pode reduzir significativamente o risco de desenvolver diverticulose e diverticulite.

10 Alimentos para Diabéticos

Compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Últimas Postagens

Quando se deve procurar um Dermatologista?

Quando procurar um Dermatologista?   Você deve procurar um dermatologista sempre que tiver preocupações ou problemas relacionados à pele, cabelo, unhas ou mucosas. Aqui estão

Gostou deste Post?

Cadastre seu email e inscreva-se em nossa Newsletter

Abrir chat
Agendar consulta?
Olá
Gostaria de agendar uma consulta?