Doenças relacionadas com o Sistema Endócrino

Algumas doenças relacionadas com o Sistema Endócrino são:

  • A Insônia, uma incapacidade de um indivíduo em conseguir qualidade ou quantidade suficiente de sono. Suas causas podem ser hiperatividade da glândula tireóide, diabetes, contrações musculares violentas, ingestão de estimulantes, etc. Estima-se, porém, que mais de 75% dos casos têm uma causa psicológica.
  • O Cretinismo é uma doença provocada pela ausência congênita de tiroxina, hormônio secretado pela glândula tireóide. Caracteriza-se pelo retardo físico e mental, estatura baixa, extremidades deformadas, feições grosseiras e pêlo escasso e áspero. Muitos países fazem, como rotina, o diagnóstico precoce em todos os recém-nascidos. O cretinismo endêmico ocorre em áreas onde existe um déficit de sal iodado na água. O iodo é um componente essencial para a síntese de tiroxina.
  • Bócio é uma doença da glândula tireóide, caracterizada por um aumento de seu tamanho, visível externamente como uma inflamação na face anterior do pescoço.

    O bócio simples caracteriza-se por um aumento global da glândula, ou de um de seus lóbulos, sendo usualmente causado por um carência dietética de iodo.

    O bócio tóxico, também chamado hipertireoidismo ou tireotoxicose, é uma manifestação da doença de Graves (causada por um excesso de secreção de tiroxina) ou de bócio multinodular (que ocorre quando a glândula funciona independentemente do controle da hipófise).

    A deficiência de iodo é uma causa freqüente e previsível de bócio, uma doença caracterizada pelo aumento de tamanho da glândula tireóide. Em alguns casos, seu crescimento é excessivo e provoca também a diminuição ou elevação dos níveis do metabolismo basal. O tratamento inclui a ingestão de pequenas doses de iodo ou, em casos extremos, a extirpação da glândula tireóide.

  • A Mixedema é uma doença deficitária devido à produção insuficiente ou nula de hormônios pela tireóide. Os pacientes sofrem de cansaço, sonolência, intolerância ao frio, falta de agilidade mental, tendem a ganhar peso e têm dores generalizadas.
  • Nanismo é uma condição caracterizada por uma estatura inferior à normal. O cretinismo é uma das causas. Ocorre como conseqüência de uma doença da glândula tireóide. Outras causas são: a síndrome de Down, a tuberculose da coluna vertebral ou as alterações da função endócrina da hipófise ou dos ovários.
  • Gigantismo é o crescimento desmesurado de todo o corpo, em especial dos braços e pernas. Normalmente, deve-se a uma superprodução do hormônio do crescimento ou a uma anomalia hereditária que impede a ossificação normal durante a puberdade, fazendo com que o crescimento continue.

Ama sua pele?
Cadastre-se e receba nossas dicas de cuidados com a pele.